Aqui Começa o Atlas #16 — © Frederico Mira George

AQUI COMEÇA O ATLAS #16

Villa de Colares,
Dia 23 de Setembro de 14
Largo dr. Carlos França
{Salão Literário «Colares Velho»,
Terça-feira}

Décimo sexto
{«Os juízos são tidos por originários da compreensão [razão]. Mas nem todos os juízos justificam ou merecem continuada investigação; alguns são tão evidentes — como por exemplo, que entre dois pontos só pode haver um único segmento de recta — que logo percebemos não ir descobrir neles qualquer outra verdade que não aquela que de imediato transmitem.
Kant — “Crítica da Razão

Está sozinho e espera. Sabe que nada avistará
no esconderijo prisional e exíguo que escolheu
abaixo de uma cadeira.
O que vai acontecer naquele aposento,
será testemunhado por outiva e olfacção.
A partir dali, todas as tardes, rememorará
sem deslustre, os sons e o olor do Inverno.

12h51m
Frederico ‘W George

Anúncios

Sobre Frederico Mira George — «Arte»

Frederico Mira George: Escritor, Artista Plástico, Podcaster
Esta entrada foi publicada em Aqui Começa o Atlas — Poemas com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s