Aqui Começa o Atlas #11 — © Frederico Mira George

AQUI COMEÇA O ATLAS #11

Villa de Colares,
Dia 17 de Setembro de 14
Largo dr. Carlos França
{Salão Literário «Colares Velho»,
Quarta-feira}

Décimo primeiro

Na horizontalidade das vésperas, ainda
perdura a clarivisão desse itinerário. «Vou
sentado detrás a ti. Sem murmúrio, sem vulto.
Estanque como um relógio prescrito, reconhecendo
nas palpitações microscópicas dos teus dedos,
uma febre súbita de ceder
e a última hesitação aplanada no estrado do cais».

20h18m
Frederico ‘W George
{acabado na casa «Cândido dos Reis»}

Advertisements

Sobre Frederico Mira George/Literatura e Rádio

Frederico Mira George: Escritor, Realizador/Autor/Locutor de Rádio, Artista Plástico
Esta entrada foi publicada em Aqui Começa o Atlas — Poemas com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s