A preparação dos primeiros escritos….

Começo a trabalhar os textos das primeiras narrativas.

É um processo demorado. É um processo. Nunca fui um escritor «9/5», nunca me sentei à banca das tantas às tantas para escrever. Nem gosto desse sistema, acho-o falso e inconsequente.

Reparto notas por cadernos, pelo iPad, escrevo sinopses em folhas de guardanapo, perco tudo, até que um dia os caracteres se ordenam nas mãos e o texto se revela.

Acontece é ter a percepção de estar próximo do ritmo e do som de um livro. É o que se passa neste momento.

Espero, à luz da chama de um fósforo, quando queimar a mão, chegou a altura…

Praia das Maçãs, 19 de Junho de 2013

Anúncios

Sobre Frederico Mira George — «Arte»

Frederico Mira George: Escritor, Artista Plástico, Podcaster
Nota | Esta entrada foi publicada em Diário Literário-Novas entradas com as etiquetas , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s