Arquivos Mensais: Junho 2013

A preparação dos primeiros escritos….

Começo a trabalhar os textos das primeiras narrativas. É um processo demorado. É um processo. Nunca fui um escritor «9/5», nunca me sentei à banca das tantas às tantas para escrever. Nem gosto desse sistema, acho-o falso e inconsequente. Reparto … Continuar a ler

Aside | Publicado em por | Etiquetas , , , , , , , , | Publicar um comentário

Pré-texto

Como um fósforo na mão, branco, antes de se inflamar, expele para os lados línguas palpitantes -: começa na roda estreita dos que vêem, rápida, clara e quente, a alargar-se fremente a dança redonda.   E de repente faz-se chama … Continuar a ler

Publicado em Textos à margem | Etiquetas , , , , , , , , , | Publicar um comentário

Dez de Junho?

Dia de Camões!? Qual raça, qual Portugal, qual comunidades!, muito menos Camões. Nosso usurpado poeta! Má sorte a quem versos escreveu e por não ser lido, condenado à desgraça d’um eterno cárcere. Dez de Junho: poucas coisas me repugnam mais … Continuar a ler

Publicado em Diário Literário-Novas entradas | Etiquetas , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

Sintra, Narrativas & Outros Poemas…

Aqui começo. Com uma imagem de outros dias; minha chegada, primeiro Inverno frente ao deslumbre. Que vejo nesta curva de passeio?, de que «íntimos desconhecidos» saberei agora falar, narrar? Fotografei insistentemente, pousando a escrita, atenuei o ensombrado coração de Lisboa. … Continuar a ler

Image | Publicado em por | Etiquetas , , , , , , , , , | Publicar um comentário